Prédio Urbano Paula Rodrigues

Detalhes: Licenciamento

Localização: Espinho

Ano: 2018

A ideia aqui era criar, através da reformulação de toda a casa, unidades fracionadas de habitação que permitissem a conceção de um equipamento turístico.
Este espaço pretendia ser um modelo de negócio para um nicho de mercado muito específico, destinado à comunidade surfista e com capacidade para oito ou dez utentes. No mesmo local, pensamos num corpo em anexo, que seria a moradia do proprietário.